10.9.11

Sophia de Mello Bryner Andresen



Biografia

Tive amigos que morriam, amigos que partiam
Outros quebravam o seu rosto contra o tempo.
Odiei o que era fácil
Procurei-te na luz, no mar, no vento.

ANDRESEN, Sophia de Mello Bryner. No tempo dividido e mar novo. Lisboa: Salamandra, 1985.

3 comentários:

Marília Palmeira disse...

Que interessante. Há pouco tempo li esse poema, e tinha este feito por mim:

Microbiografia

Quando eu tinha treze anos era atéia por birra
e lia alberto caeiro
falando de deus.
Levava caracóis pra escola,
dos quais as outras meninas tinham nojo,
caracóis que encontrava no canteiro do prédio.
Meu quarto tinha carpete.

Jefferson Bessa disse...

Bela escrita que se faz da própria vida.
Belo poema.
Abraços.
Jefferson.

Daíse disse...

Adorei !!!!!
Me encantei !!!!!
Voltarei sempre!!!!
Bjinhos !!!!