5.9.11

Casimiro de Brito: "Cuidado. O amor"





Cuidado. O amor
é um pequeno animal
desprevenido, uma teia
    que se desfia
pouco a pouco. Guardo
    silêncio
para que possam ouvi-lo
    desfazer-se.



BRITO, Casimiro de. "Cuidado. O amor". In: PEDROSA, Inês (org.). Poemas de amor. Antologia de poesia portuguesa. Lisboa: Dom Quixote, 2005.

2 comentários:

Louise Lou disse...

Minimamente lindo!

Rodrigo Alves disse...

Olá passei para conhecer seu blog ele é muito maneiro super organizado com ótimo conteúdo gostaria de parabenizar pelo excelente trabalho voltarei mais vezes no seu encantador blog que DEUS ilumine seus caminhos e de seus famíliares
Desejo muito sucesso