10.10.10

Max Martins: "Ao luar"




Ao luar

Um ramo de loucura




MARTINS, Max. "Colmando a lacuna". Poemas reunidos (1992-2001). Belém: EDUFPA, 2001.

5 comentários:

betina moraes disse...

ah!

divino!

abraços.

fluorescências germinais disse...

halo de lua -
da espada de Jorge
puro reflexo

ai, a lua... abraço.

Arthur Nogueira disse...

Querido Cicero,

que beleza encontrar meu conterrâneo Max aqui. Esse livro é ótimo.

Um beijo,

Arthur

homensdopantano disse...

não conhecia max martins - obrigado pela oportunidade

EDSON DA BAHIA disse...

Maravilhoso.
Avante, Cícero! Muita luz em seu caminho...