8.9.08

Sophia de Mello Breyner Andresen: "A conquista de Cacela"

.


A conquista de Cacela

As praças-fortes foram conquistadas
Por seu poder e foram sitiadas
As cidades do mar pela riqueza

Porém Cacela
Foi desejada só pela beleza



De: ANDRESEN, Sophia de Mello Bryner. "Livro sexto". In: Obra poética, v.2. Lisboa: Editorial Caminho, 1991.

18 comentários:

adriano disse...

CÍCERO,

Simples,sem fórmulas... belíssimo! faz a gente fluir tal qual Pessoa: " Navegar é preciso, viver não é preciso ".


O SEU BLOG É UMA VIAGEM PELO MUNDO INATINGÍVEL DA POESIA!


BEM QUE A ADRIANA CALCANHOTTO PODERIA RECITÁ-LO EM SEU NOVO SHOW MARÉ!!!!

UM ABRAÇO TRANSATLÂNTICO!!!!

adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...

ANGÚSTIA




PORTAS OU JANELAS?


NADA IMPORTA!
ESTÃO SEMPRE FECHADAS.


A BRISA PENETRA APENAS
PELAS FRESTAS DA ALMA.



ADRIANO NUNES, MACEIÓ/AL.

adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...

NOITEDIA


ANOITEODIA
ANOITEODIA
ANOITEODIAANOITEODIAANOITE
ANOITEODIAANOITE
ANOITE
ANOITEODIAANOITE


ODIA ODEIA
O TE
DI
O



ADRIANO NUNES, MACEIÓ/AL.

Alcione disse...

No precipício
Há um artifício
É ouvir só
O seu próprio grito.

Arthur Nogueira disse...

Querido Cicero, sempre um convite à boa poesia passar por aqui. Adoro D. Sophia. Um beijo grande, fique bem.

Elisa Kozlowsky disse...

Tal qual uma valsa para porcelanas.

adriano disse...

MENSAGEM: AS ILHAS AFORTUNADAS
( Fernando Pessoa )


"Que voz vem no som das ondas
Que não é a voz do mar?
E a voz de alguém que nos fala,
Mas que, se escutarmos, cala,
Por ter havido escutar.

E só se, meio dormindo,
Sem saber de ouvir ouvimos
Que ela nos diz a esperança
A que, como uma criança
Dormente, a dormir sorrimos.

São ilhas afortunadas
São terras sem ter lugar,
Onde o Rei mora esperando.
Mas, se vamos despertando
Cala a voz. e há só o mar. "


UM GRANDE ABRAÇO!!!

adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
adriano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
paulinho disse...

procurei uma foto na internet e descobri a vila nova de cacela, realmente belíssima. ah, o mar e os seus encantos!...

maravilha o mar à vila.

tia sophia, como sempre, magistral.

beijo bom em você, doçura!

Analuka disse...

Delicioso, este fragmento da poétic de Sophia! Muito bom gosto, no teu blog. Abraços!