27.4.17

Luis Turiba: "Geominerografia"


Geominerografia

pedras que rolam
minas que minam

sertões descampados
veredas rochosas
montanhas manhosas
rios infindos
correntes transbordantes
grutas e cachoeiras
águas cristalindas

atravessar minas
é surfar pelas páginas
de Guimarães Rosa



TURIBA, Luis. "Geominerografia". In:_____. "Ser minério é coisa séria". In:_____. Qtais. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2013.




2 comentários:

Ramon Rossi disse...

Boa tarde, Antônio Cícero. Que vergonha e felicidade ao mesmo tempo. Vergonha por não saber da existência do seu blog - li agorinha à tarde os posts iniciais, lá de 2007; feliz por poder acompanhá-lo a partir de agora.

Se me permite, gostaria de fazer uma pergunta: não há previsão de reedição/reimpressão do seu livro "O mundo desde o fim do mundo"? Já há um tempo quero lê-lo, mas só encontro na Estante Virtual a preços salgados.

Outra coisa, li recentemente, por acaso, seu ensaio sobre Fernando Pessoa publicado na revista serrote nº 5 do IMS - é sempre uma felicidade ler um texto crítico inteligente e bem escrito por um artista brasileiro. Você não pretende recolher esse ensaio e outros mais em algum volume?

Enfim, desculpe a extensão desse comentário - nada mencionei sobre o belo poema roseano "Geominerografia" -, mas não contive minha alegria em sabê-lo ativo aqui na internet.

Um abraço!

Ramon Rossi.

Antonio Cicero disse...

Caro Ramon,

Obrigado pelo elogio ao blog e ao ensaio sobre Fernando Pessoa. Esse ensaio vai ser publicado sim, no mês de maio, pela Companhia das Letras, no livro "Poesia e crítica: ensaios", de minha autoria.

Quanto a "O mundo desde o fim", infelizmente não há, no momento, previsão de reedição. E eu não possuo senão meu próprio exemplar.

Abraço!