25.4.17

João Pedro Fagerlande recita o poema "Guardar", de Antonio Cicero


Gostei muito da interpretação de João Pedro Fagerlande do meu poema "Guardar". Encontra-se aqui:





Um comentário:

Anônimo disse...

É um lindo poema. Sempre emocionante. Ficou legal com o João Pedro. Eu queria nunca ter visto o Ferreira Gullar ter "recitado" Traduzir-se em uma entrevista na TV. Foi de uma eficiência impar. Ele falou sem nenhuma ênfase, sem nenhuma entonação, olhando para as mãos, talvez levemente encabulado... Fiquei achando que esse era o jeito certo de fazer aquilo. Espero ver alguém dizer Guardar, poema que eu adoro, do jeito estranho do Ferreira. Mas, parabéns a você e ao João Pedro.