14.3.08

Joan Brossa: trecho de Set d'acció

Para completar esta homenagem a Joan Brossa, as duas primeiras estrofes do poema “Set d’acció”, do livro El pedestal son lês sabates (O pedestal são os sapatos):



SEDE DE AÇÃO

Depois que flamejou o planeta Terra
A vida dormitava num abismo
Meio esboçado em filamentos de plantas
eu já existia

Mais tarde baixo e pequeno já era um homem
Mais tarde grande e povoado sempre ascendia
E não me posso extinguir Agora me passeio
Por Barcelona.


SET D’ACCIÓ

Després que flamejà el planeta Terra
La vida dormitava en un abisme
Mig esbossat en filaments de plantes
jo ja existia

Més tard curt i petit ja era un home
Més tard gran i poblat sempre ascendia
I no em puc extingir Ara em passejo
Per Barcelona





De: BROSSA, Joan. “El pedestal son les sabates”. Poesia rasa. Tría de llibres (1943-1959). Barcelona: Ariel, 1970, p.377.

Um comentário:

Homo antiquus disse...

Em homenagem aos sapatos de Brossa, os paradoxais pisantes de Bob Brown:
MY MOSQUE

WELCOME

Please wipe
Your muddy mind
before entering

My mosque

and leave your
thick
cerebral shoes
outside

P.S.:não tive como postar os desenhos inseridos...Perdeu-se o singelo.
Grato por resgatar-me os estranhos bardos.

Blog iluminador!