27.5.16

Nelson Ascher: "Vale tudo"




Vale tudo

Quando nada
mais nos resta
vale tudo

pois se tudo
mais vai sempre
dar em nada

nada mais nos
vale salvo
tentar tudo

mas tentando
tudo nesse
tudo ou nada

não por nada
nada é tudo
que nos resta

pois no vale
tudo nada
vale a pena.



ASCHER, Nelson. "Vale tudo". In:_____. Parte alguma. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

2 comentários:

ADRIANO NUNES disse...

Amado Cicero,


grato por postar esse belo poema de Nelson Ascher!


Abraçaço,
Adriano Nunes

do disse...

Nelson Ascher é excelente. Tanto como poeta quanto pensador.